Boa madrugada! Hoje é Quinta-Feira.
22 de Fevereiro de 2018 - Hora Local 04:05h

Notícias

25-01-2018 Secretaria de Saúde intensifica ações de combate ao Aedes aegypti


A Secretaria de Saúde de Maripá por meio do Departamento de Vigilância em Saúde vem desenvolvendo um trabalho contínuo para o controle do Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya. As ações de combate ao mosquito estão sendo intensificadas devido ao alto índice de infestação predial, que está em 6,4%, enquanto o recomendado pelo Ministério da Saúde é de até 1,0%.

De acordo com a secretária de Saúde, Andréia Bento Maria Scudeller, as condições climáticas têm contribuído para o aumento significativo de focos do mosquito. “O forte período de chuvas que vem ocorrendo desde dezembro proporcionou um ambiente favorável para a proliferação do Aedes aegypti, ocasionando um alto índice de presença do mosquito, assim como em outros municípios da região”, explica.

Estão sendo desenvolvidas vistorias nos imóveis, palestras, distribuição de material gráfico e atividades educativas com as crianças e adolescentes estudantes da rede municipal e estadual de ensino do município.

ARRASTÃO DA DENGUE - A partir desta segunda-feira (29), a equipe da Secretaria de Saúde juntamente com voluntários irá realizar o Arrastão da Dengue, ação que marca o dia ‘D’ de combate ao mosquito Aedes aegypti. O trabalho de fiscalização com orientação, limpeza e remoção de possíveis criadouros nos lotes urbanos da sede do município segue até o dia 2 de fevereiro.

A responsabilidade pela coleta e destinação dos materiais e entulhos identificados durante a visita é do proprietário ou locatário do imóvel, que deve colocar os materiais descartados em frente às residências até o dia 7, para que se seja feita a coleta pela equipe da Prefeitura. Em caso de descumprimento, o munícipe está sujeito à aplicação das penalidades previstas na Lei 1.084 de 2015, como notificação e autuação.

Em caso de chuva, o arrastão será transferido para uma nova data.

CUIDADO REDOBRADO - Os primeiros casos de dengue no município estão aparecendo. De acordo com relatório divulgado pela Secretaria de Saúde, até o momento houve a notificação de 13 casos de dengue, sendo quatro deles negativos e nove a espera do resultado dos exames. Também houve um caso notificado de Febre Chikungunya, também negativo. Não há registro de casos de Zika Vírus.

“A população deve ficar alerta e redobrar os cuidados neste período de chuvas intenso. É responsabilidade de cada munícipe manter sua propriedades limpa e livre de possíveis criadouros do mosquito. A limpeza das calhas, pratos de plantas, bebedouros de animais e caixas das geladeiras, a vedação de caixas d’água e fossas e o cuidado com os criadouros naturais (troncos, plantas, raízes e outros) também são de extrema importância para evitar a proliferação do Aedes aegypti”, ressalta a secretária Andréia.

COLETA DE GALHOS – Paralelo às ações da Saúde, a Secretaria de Viação, Obras e Serviços Públicos fará a primeira coleta de galhos do ano entre os dias 12 e 23 de fevereiro. O cronograma completo está disponível no Calendário Municipal, que pode ser retirado no Paço.
Além desta, estão previstas mais quatro coletas de galhos para 2018, nos meses de abril, julho, setembro e novembro.