Boa tarde! Hoje é Segunda-Feira.
23 de Outubro de 2017 - Hora Local 16:56h

Notícias

28-04-2017 Secretaria de Saúde orienta população sobre cuidados com a postura

Se a postura não está correta, tudo mais acaba saindo do lugar e as dores, tanto na coluna como no pescoço, e em casos mais avançados, pernas e braços começam a aparecer.

A má postura muitas vezes não apresenta sintomas dolorosos, e por isso, as pessoas acabam se policiando menos. Se a memória corporal se encontra prejudicada, a própria pessoa não percebe sua postura deselegante. Mas, em outras ocasiões, as dores dão as caras e o indivíduo apresenta uma postura descompensatória para tentar amenizar a dor. A pessoa passa a se sentar, deitar ou caminhar cada dia de forma mais distorcida, até que se acostuma e não sente mais dor por um longo período; porém isso agrava ainda mais seu quadro, levando muitas vezes à lesões irreversíveis.

Atualmente o ser humano é submetido a uma quantidade muito grande de pressões e responsabilidades e isso faz com que apareçam no decorrer da realização dessas funções lesões e doenças relacionadas ao trabalho.

A evolução permitiu o desenvolvimento, gerando em nosso cotidiano mais conforto e comodidades. A tecnologia facilita o dia a dia, mas também nos prende a afazeres que roubam o nosso tempo, diminuindo ou eliminando o lazer e a atividade física.

O sedentarismo age como fator de risco para o surgimento de doenças e consequentemente tem feito com que, de forma progressiva, as pessoas solicitem auxílio médico e de diversas terapias para amenizarem dores musculares e para o tratamento de patologias mais graves.

Estatísticas apontam que cerca de quatro milhões de brasileiros são submetidos a tratamento em razão de dores provocadas pela postura incorreta no dia a dia e pela pressão causada pelas situações competitivas.


Como evitar problemas na coluna

Para manter a postura sempre correta, exercícios diários de alongamento e fortalecimento muscular são indicados. Outras dicas para manter a postura em dia são evitar carregar pesos acima de 10% do seu peso corporal durante as atividades diárias, não permanecer em atividades com os membros superiores suspensos e não ficar com a coluna cervical flexionada por longos períodos.


Sinais de que a postura não está tão boa

- Se olhe no espelho e observe se você não está apresentando um ombro mais elevado do que o outro;
- Fique atento ao solado do seu sapato: Se estiver mais desgastado de um lado do que o de outro, pode ser um sinal de que sua postura não anda muito boa;
- Observe seu tronco: Ele está pendendo mais para um lado do que para o outro?


Como melhorar a sua postura

Além dos cuidados com a postura, algumas atividades podem ajudar a amenizar e a prevenir futuras lesões de coluna.

Pilates: Além de fortalecer todo o corpo, dar força às costas, coluna e abdômen, o pilates deixa o corpo alinhado, trabalha diretamente a postura e cria consciência corporal. Um ponto positivo da prática é que as aulas são dinâmicas e está condicionada à prática de atividade física.

Dança: A dança exige postura para fazer qualquer movimento e é uma prática mais dinâmica que, além de melhorar suas posições, cria músculos, emagrece, dá flexibilidade e elegância aos movimentos. A necessidade de sempre ficar concentrada nos movimentos e na firmeza deles, faz com que você fique mais consciente da sua postura.

RPG: A reeducação postural global é um tratamento direcionado especialmente para a postura. Ele é feito com uma série de posturas que colocam os músculos na posição certa. A prática ajuda a corrigir a postura ao sentar, andar e ficar de pé. A prática não é dinâmica, tem mais caráter de tratamento do que esporte e é indicada para quem tem problemas reais de postura. Embora essa aula seja mais difícil de encontrar nas academias, vale muito a pena. A prática ajuda a ter consciência corporal e trabalha direto na postura, deixando o corpo mais longilíneo.

Caminhada: Uma opção barata e disponível em qualquer localidade. Deve-se usar tênis adequado. A respiração deve ser ritmada. O olhar deve estar sempre no horizonte. Buscar sempre manter a coluna ereta e ombros relaxados. A prática da caminhada diária ou pelo menos 3 vezes na semana, por um período de 30 minutos, ajuda no fortalecimento da musculatura paravertebral (musculatura que envolve a coluna) abdômen, auxilia no alívio da tensão muscular, e estimula a manutenção e o aumento da massa óssea. É recomendado terrenos planos, para se evitar quedas.

Ana Paula Moratelli
Fisioterapeuta da Secretaria de Saúde de Maripá