Boa tarde! Hoje é Sexta-Feira.
19 de Outubro de 2018 - Hora Local 17:51h

Secretaria de Saúde

20-03-2018 Campanha da vacina da dengue começa nesta terça-feira


Está disponível a partir desta terça-feira (20), em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Maripá, a segunda e a terceira dose da vacina contra a dengue. Esta etapa da campanha é destinada somente a quem já tomou a vacina nas fases anteriores.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Sandra Klauck Machado, deverão ser vacinados 116 maripaenses com a segunda dose e 321 com a terceira dose. “O efeito desejado da vacina só ocorre após o término das três doses, completando totalmente o esquema vacinal”, explica.

O Dia D de vacinação contra a dengue será realizado neste sábado (24). O objetivo é mobilizar a população alvo e oferecer a vacina nas unidades de saúde abertas durante todo o dia, além de contar com equipes volantes, que estarão nos supermercados da sede do município, para imunizar o maior número de pessoas.
Para receber a vacina, é necessário apresentar um documento de identificação e a carteira de vacinação. A campanha vai até o dia 28 de abril.

CUIDADOS COM O MOSQUITO – A vacina protege contra os quatro sorotipos da dengue, mas existem outras doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. “Os cuidados para evitar a proliferação do mosquito, que também transmite a zika e a chikungunya, devem continuar”, ressalta a enfermeira. De acordo com o último boletim epidemiológico obtido, a incidência do mosquito estava em 6%, enquanto o recomendado pelo Ministério da Saúde é de apenas 1%.

A vacina é uma ação que complementa uma série de atividades desenvolvidas pela Secretaria de Saúde. Este ano já foi realizado o Arrastão da Dengue e as equipes de Agentes de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde continuam com as vistorias nas residências. “É uma atividade coletiva, que envolve diversos setores, para evitar tanto a dengue quanto as outras doenças transmitidas pelo mosquito”, destaca Sandra.

De agosto de 2017 até agora houveram 24 casos notificados de dengue, sendo um positivo e um que está aguardando resultado, além de 22 casos descartados. “Também tivemos uma suspeita de chikungunya, por isso nossa preocupação é grande e pedimos à população que tenha esse cuidado com o seu lote, sua casa e até mesmo no local de trabalho, para eliminarmos qualquer fonte de acúmulo de água e não corrermos o risco da doença”, finaliza a enfermeira Sandra.