Boa noite! Hoje é Segunda-Feira.
26 de Junho de 2017 - Hora Local 21:17h

Secretaria de Saúde

19-06-2017 Cresce o número de acidentes com animais peçonhentos em Maripá


A Secretaria de Saúde identificou o aumento expressivo no número de acidentes com animais peçonhentos no município, especialmente com cobras e aranhas. De janeiro a maio deste ano, a Vigilância Sanitária registrou a ocorrência de nove casos. Em 2016, foram cinco notificações durante todo o ano.

A orientação é de que os munícipes adotem medidas de prevenção para evitar acidentes. É recomendado manter o quintal limpo evitando o acúmulo de entulho, tijolos, telhas, pilhas de madeiras e outros locais que possam servir de abrigo para estes animais. É importante sempre utilizar calças, botas e luvas de couro para remover estes materiais. Também se deve verificar a região interna das roupas e calçados antes de usá-los.

Em caso de acidente, a Secretaria de Saúde orienta a procura imediata de uma Unidade de Saúde para que seja feito o tratamento adequado. É recomendado levar o animal responsável pelo acidente junto, em segurança e de preferência vivo, pois a identificação deste animal facilita o diagnóstico e tratamento. No caso de cobras, é importante que a cabeça esteja intacta para que seja identificada.


ESCORPIÃO AMARELO

Em municípios vizinhos, a população tem avistado grande número do Tityus serrulatus ou escorpião amarelo. Esta espécie possui a maior parte do corpo de coloração amarela e é adaptada ao ambiente urbano, proliferando em torno das habitações humanas.

Seu veneno é altamente tóxico e pode levar a morte. Por isso, a Secretaria de Saúde solicita que caso algum morador identifique o escorpião amarelo no município, entre em contato com a Vigilância Sanitária ou a Vigilância Ambiental para que seja feita a captura e bloqueio do animal no local.